Olá, pessoal, tudo bom? Resolvi esse ano fazer uma coisa diferente; em vez de resenhar todos os livros que estou lendo, postarei uma vez...

Leituras de 2014 - Janeiro

Olá, pessoal, tudo bom?
Resolvi esse ano fazer uma coisa diferente; em vez de resenhar todos os livros que estou lendo, postarei uma vez por mês todas as leituras do mês anterior. Como assim? Estamos em fevereiro, certo, então escreverei aqui o que li em janeiro. Caso às vezes eu consiga, posto ainda no mesmo mês o que eu li. Serão descrições breves do que achei, acompanhadas pela sinopse e capa.
Então, vamos ao que interessa:

Meu ano começou com o nacional Afterlife, o primeiro livro da série homônima. O autor, Sérgio Felici Costa, construiu uma história bem interessante e amarrada para um livro de 120 páginas. E aquele final, deuses! Quero ler o segundo, ainda tem muita coisa por vir. E sim, ele é sobrenatural!
Melanie Hank passou dez anos em uma clínica psiquiátrica, na Flórida, após presenciar a morte dos pais. Ela é constantemente atormentada por sonhos e visões, onde fantasmas aparecem para ela, desejando seu corpo e sua alma, querendo que ela aceite a morte. Inesperadamente, conhece um paciente da clínica, Mike Morrison, e constrói uma amizade com ele. Com o tempo, ambos planejam fugir da clínica, mas seus planos podem estar correndo sérios riscos com a interferência de Richard, um especialista que cuida do caso de Melanie e do diretor da clínica, que colocam várias barreiras para atrasá-los. Lidando com uma luta interior, Melanie vai aos poucos tendo que conviver com a realidade, e com as revelações que a vida lhe traz, e também com o passado que tanto quer esconder.


Aí então chegou Puro Êxtase, de Josy Stoque, e meu mês foi marcado intensamente. Polêmico, ousado e totalmente viciante - essas foram as palavras que me viera à mente assim que concluí a leitura dessa obra que, pelos deuses e qualquer outro ser divino existente, é intensamente insano e loucamente sedutor. Nota: ele será lançado oficialmente dia 19 de fevereiro e eu li antes porque sou beta da autora, beijinho no ombro (argh!).
"O vazio é uma nova oportunidade de se preencher"
Como você se sentiria se seu relacionamento acabasse depois de dez anos? Sara Mello precisa recomeçar, recuperando o emprego como advogada e os sonhos perdidos. E como se não bastasse a mudança, a vida lhe faz mais uma surpresa através de um estranho em um bar, um convite irrecusável e uma noite inesquecível. Ela vai descobrir que é sexy, sentindo na pele o significado mais profundo do amor próprio. Abra sua mente, liberte suas fantasias mais ousadas e realize tudo o que tiver vontade.


E por fim, li Ilha de Ar, também de Josy Stoque, e me perdi na insanidade. Liberdade. Água-marinha. Lara. Sufocamento. “A liberdade sufoca”. Ilha de Ar é o terceiro e mais sexy volume da série. Leia a resenha que publiquei AQUI.
Se você fosse lindo, rico, talentoso e tivesse qualquer mulher aos seus pés, abandonaria tudo por amor? E se seu amado pai o deixasse sozinho com uma mãe que não o considera mais seu filho, ainda teria dúvida?
Nicolas Bertoldi preza por sua liberdade acima de todas as coisas, mas uma corrente dourada insiste em prendê-lo à Lara. O infinito se tinge de azul, avistando a linha tênue entre a loucura e a sanidade.
Puxado pela água-marinha, rende-se à sensualidade da ex-namorada vez após outra. Seu mundo ideal desmorona.
Um homem massacrado pela dúvida; ficar ou partir? Pela primeira vez em sua existência o futuro é incerto e sem sentido.
Ilhado pelo ar, o desconhecido o cerca e o seduz a se comprometer. Mas a liberdade, cúmplice, oprime sua razão.

E aí, pessoal, o que acharam? Já deu para perceber que sou só um pouquinho viciado nos livros da Josy, né? Hehe. Bem, até a próxima!

Abraço,
Elton Moraes

0 comentários: