Olá, pessoal! No dia 03 de março (terça-feira) eu revelei a capa da primeira edição de Fênix na página do livro no Facebook . E hoje a tra...

Capa e Introdução à "Fênix"

Olá, pessoal! No dia 03 de março (terça-feira) eu revelei a capa da primeira edição de Fênix na página do livro no Facebook. E hoje a trago aqui para vocês verem em todo seu esplendor (risos), além de escrever uma introdução à Fênix, para que entendam um pouco mais sobre o livro.

Capa da 1ª edição de Fênix:

Introdução
Eu diria que Fênix — A morte não é o fim de tudo é uma das obras mais complexas e íntimas que já escrevi até o momento. Quatro vidas distintas e muitas vezes divergentes se entrelaçam e formam esta narrativa. Vidas essas que possuem origens diferentes, medos, angústias, mas que também sonham, amam e querem ser amadas.
Estas vidas são reflexos da nossa realidade.
Laura, Tony, Selene e Duda sofrem a dor de amar, a da perda, a de uma amizade que se corrói e se torna pó quando menos imaginam. Eles descobrem que isso é viver. Aprender a lidar com situações como essas é apenas o primeiro passo para coisas ainda maiores que nos farão parar e raciocinar no dia-a-dia.
Amar é uma benção e, sem sombra de dúvida, é o melhor sentimento do mundo. Aqui encontraremos vários tipos de amor. O fraterno, o de amizade, o amor que se dá entre duas pessoas, seja em um casal tradicional heterossexual, seja em um homossexual. O amor não possui limites e não podemos construir barreiras a fim de limitá-lo. Afinal, temos aqui cinco personagens do mundo LGBT.
Por fim, ao ler as páginas que dão vida ao enredo, você irá se deparar com um universo fantástico temperado com romance e um toque sutil de erotismo. Leia de mente aberta e se deixe guiar pelo maravilhoso pássaro imortal.

#VOEPARAOETERNAMENTE

0 comentários: